PIS 2018

O PIS, também conhecido como Abono Salarial Caixa, ou simplesmente PIS/PASEP, é um benefício essencial para o trabalhador de baixa renda. Através dele, quem ganha até 2 salários mínimos por mês e trabalha com carteira assinada, tem direito a sacar uma espécie de décimo quarto salário, com o valor que pode chegar até a 1 salário mínimo. Esse ano, o PIS 2018 conta com algumas novidades, novas regras, e uma nova tabela: o calendário PIS 2018. Que saber mais? Confira abaixo tudo sobre o PIS 2018.

PIS 2018 - Calendário PIS, Quem tem direito, Valor do PIS, novas Regras
PIS 2018 – Calendário PIS, Quem tem direito, Valor do PIS, novas Regras

PIS significa Programa de integração Social e se trata de uma contribuição tributária paga pelas empresas, que visa financiar o pagamento do abono salarial 2018 para o trabalhador, além de outros benefícios trabalhistas. Além disso a receita do PIS-CONFINS ajuda na colaboração na receita dos órgãos e entidades e o próprio abono salarial 2018, para os trabalhadores de empresas privadas e públicas.

Valor do PIS 2018

O valor desse benefício é elaborado de acordo com a cotação do salário mínimo 2018, está estipulado em R$ 937. É provável que no próximo ano haja um aumento do salário mínimo, logo este valor dito aqui será repassado aos beneficiários do benefício.

Tabela PIS 2018 – Valores Atualizados PIS 2018
Tabela PIS 2018 – Valores Atualizados PIS 2018

Quem tem direito ao PIS 2018

Afim de que o benefício não sofra consequências de um não planejamento organizado, o mesmo tem suas regras. Abaixo veremos elas: (Esta informação foi retirada do site oficial do benefício.)

  • O salário do trabalhador não pode exceder o limite de dois salários mínimos mensais, de acordo com o valor do salário mínimo do mês vigente.
  • O funcionário deve estar inscrito por, no mínimo, 5 anos no Programa de Integração Social.
  • No ano-base, o cidadão deve ter trabalhado por, pelo menos, 30 dias com a carteira assinada. Esses 30 dias podem ser consecutivos ou não.
  • A empresa para qual trabalha deve ter entregue corretamente a Relação Anual de Informações Sociais, conhecida também como RAIS.

Além disso, só tem direito ao PIS 2018 propriamente dito, quem trabalhou em 2016 para a iniciativa privada. Quem se enquadra nas regras acima, mas trabalhou para o serviço público, tem direito a receber outro benefício, o PASEP 2018, pago no mesmo valor que o PIS, mas através de um calendário diferente, e pelo Banco do Brasil, e não pela Caixa Econômica Federal.

Calendário PIS 2018

A Caixa Econômica Federal já publicou o novo calendário PIS 2018. Através dele, todos os trabalhadores que se enquadram nas regras do PIS podem consultar as datas de pagamento do Abono Salarial 2018. O calendário PIS 2018 é dividido em duas partes:

Calendário PIS 2018 – Tabela PIS 2018 de pagamentos do Abono Salarial
Calendário PIS 2018 – Tabela PIS 2018 de pagamentos do Abono Salarial
  • De janeiro a março são liberados os pagamentos remanescentes do PIS 2017 para os trabalhadores com data de aniversário no primeiro semestre do ano. Esses trabalhadores têm direito a sacar o PIS até o dia 30 de junho de 2018.
  • De julho a dezembro, são pagos os valores referentes à tabela PIS 2018 para os trabalhadores nascidos entre julho e dezembro.
  • De janeiro a março de 2019, serão pagos os pagamentos remanescentes do abono salarial, ou seja, todos os que nasceram no primeiro semestre poderão sacar entre janeiro e março de 2019. A vantagem de receber nessa data é que o valor do abono salarial 2018 já será reajustado de acordo com o valor do salário mínimo 2019.

Como sacar o PIS 2018

Primeiramente é necessário que você utilize o calendário de pagamento, somente assim você poderá consultar o PIS e verificar a data de recebimento do seu benefício. A data de recebimento do mesmo é elaborada de acordo com o seu mês de aniversário. Feito isso você precisa separar a documentação necessária, são elas: um documento de identificação com foto e seu cartão cidadão. Após seguir todas essas instruções, baste se direciona a uma agência bancária e sacar.

Veja também: Como sacar o Seguro Desemprego 2018.

Empregada Doméstica tem direito ao PIS?

Empregada domestica tem direito a PISMuitos empregadores não sabem responder essa pergunta dentro da lei. Apesar de estarmos na era da informação difundida, esse questionamento vem se intensificando mais a cada dia, principalmente quando se aproxima o período de pagamento do abono salarial. O PIS 2018 é um benefício que paga até um salário mínimo em datas estabelecidas pelo Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo do Trabalhador.

Empregada doméstica não tem direito ao PIS, pois a doméstica não é uma funcionária nem do setor público, nem do privado ou de uma pessoa física que se equipara a uma pessoa jurídica. Isso quer dizer que a pessoa tem que possuir um CNPJ.

Portanto, os trabalhadores domésticos, ou seja, pessoas que trabalham para pessoas físicas, não têm direito ao PIS. Isso acontece pelo fato de que os empregadores não são pessoas de caráter jurídico ou empresas. Como o empregador não tem uma empresa formada, o discernimento deste imposto não é aplicado.